O mundo de Palavras: 10/02/2013

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

10/02/2013

Construi um império

Construi um império de sonhos e de fantasias, por aqueles dias eu tentava parar de sonhar.
Nunca consegui, os sonhos acumulavam se como gotas de água, eu já sem esperança entreguei me aos sonhos e esperei que o desalento se instala se, infelizmente ele também não se instalou, bateu me á porta, sorriu, acenou e foi embora.
Hoje o meu império persiste em pé, apesar da visita do desalento, do medo, do ciúme, da inveja e de tantas outras doenças o meu império persistiu e como que um animal selvagem deitou unhas ás doenças, desfez as descrenças.
Não conquistei nada, não subi ao pódio, não sou o milagre da escrita... Sou eu e ser eu chega me...

Eu persisti, tive vontade de sonhar e sonhei, tive vontade de perseguir os sonhos e corri atrás deles, curva contra curva e em todas as ruas escuras eu não parava para pensar, somente corria atrás dos meus sonhos.
Ainda não sei o final da maioria dos meus sonhos, mas qualquer que seja sei que vou persistir e agarrar cada oportunidade com todas as unhas, afinal esse sou eu, sou um animal selvagem que não tem medo dos desafios, os impérios não tem obrigatoriamente de ser feitos com dinheiro, tu próprio podes construir o teu império.

Sim TU, ignora essas criticas de quem nada persegue, para quem fazer algo com sentimento é agarrar no livro das regras e linha após linha e  escrever a mais correcta poesia ou fazer a mais bela obra sem que no entanto ela transmita um único sentimento.
Existem excepções , felizmente elas existem e ainda bem que assim o é.

Afinal o que é um escritor sem coração ?
Afinal o que são rosas sem petalas?
O que são livros sem letras e sorrisos sem alegria?

Diria Falsidade, somente Falsidade!!!

José Pina

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.