O mundo de Palavras: 11/04/2015

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

11/04/2015

Tu és a força do mundo !

Tu és o sentimento de quem está tonta,
por entre decisões em que o medo toma conta.
Não tenhas medo, cerra os punhos,
enfrenta esta vida em que ninguém faz de conta.

Dizes não ser feliz, peço te que olhes á tua volta,
já viste bem quantos dizem o contrário e no prato nem sopa nem alimento diário.
Chegaste aqui pela estrada da vida, essa que felizmente te trouxe,
agora sorri e pensa que o passado é pó assente num elástico frouxo.

Levanta te e cerra esses punhos, faz desses olhos lasers de emoção,
acredita que o passado do que viveste, apenas te vai trazer recordação.
Neste futuro imperial, em que afirmas teres sido feliz mas recordas apenas vagamente,
isso é porque sem a vontade, toda a felicidade segue em frente.

Tens de correr, lutar e suar por ela, é uma corrida sem meta e sem lugar,
porque hoje és tu a ter de correr para a alcançar.
E não me digas que não consegues,
porque só não consegue quem não tenta e eu sei que tu és mais forte do que os acontecimentos que se sucedem.

Não faças perguntas, não olhes o passado, levanta a cabeça e pensa no futuro,
o passado é uma miragem da aprendizagem que tiveste num outro lugar e mundo.
Se este tempo que hoje paramos não te chegar,
não faz mal, vamos cá ficar até ao barco bater e naufragar por entre este universo defunto.

Não sintas sem mostrar,
isso é algo que te peço sem pestanejar.
Porque é difícil adivinhar,
o que alguém sente sem mostrar ou falar.

Tu tens tudo o que o mundo precisa,
encontra essas necessidades.
Hoje não é hora para ficar de camisa,
num treino que vai além das nossas idades.

José Pina , 11-04-2015 , Rotterdão - Holanda.

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.