O mundo de Palavras: 17/02/2013

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

17/02/2013

Por entre dois mundos de palavras


Segunda Feira, passei o fim de semana embrulhado em Estudos, tentando resolver os mais complexos problemas com o java, aquele bicho do design que tantas vezes bloqueia.

Chega mais uma 2ª feira, o cansaço não foi recuperado neste fim de semana, e para complementar há um sentimento de solidão que se vai aproximando á medida que vês todos os teus amigos a divertirem se e tu em casa.

A Leitura tornou se a tua verdadeira profissão, tens na cabeça o sentimento de que és livre mas no fim estás preso a essa paixão, os livros tornaram se a tua essência ao longo de todo o Sempre.

Hoje até jogava o teu Benfica, não o viste, tal entretimento te era oferecido por esse livro intitulado "As leis do Design".

No fundo da sala o teu pai chama te para que possas contemplar mais um fenómeno oferecido pelas mais cruéis ruas do nosso pais, finges não ouvir e lá bem no fundo não consegues entender este seu fascínio pelo "azar" alheio, para ti é apenas mais uma família destroçada pela morte de um ente querido.

Pensas para contigo, quero apenas concentrar me nos livros para que mais tarde tenha o futuro que os livros me vão oferecer, contudo esqueceste a tua vida, fizeste a tua infância e a tua adolescência "comendo" palavras, vivendo dentro dos livros e das histórias, esqueceste te que lá fora havia um mundo, construíste o teu próprio mundo e agora por mais que tentes não consegues fugir dele.

Hoje és homem, amanhã é dia de provares ao mundo que ultrapassaste esse limite de viveres embrulhado em livros e em histórias, não vives da ficção, hoje passaste a ser parte da tua própria vida.

José Pina

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.