O mundo de Palavras: 16/03/2013

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

16/03/2013

Solidariedade

"Solidariedade"

Nesta acção de algo dar,
para um sorriso receber.
És a dama mais malfadada,
para quem não te quer ver crer.

Dás, apenas com a esperança,
que os sorrisos sejam eternos,
especialmente os daquelas crianças,
que já nem tinham para comer.

O mundo gira,
o poder roda.
mas nada muda,
se não chutares a bola.

E mesmo que chutes,
por vezes o caminho é demasiado grande.
Para que essa tua simples mão estendida,
tenha o alcance que a tua alma pretendia.

José Pina

Saudade

"Saudade"

Na saudade em que vivo,
já não existe maior perigo.
Apenas tento encontrar abrigo,
neste manto do mais recente espigo.

Esta saudade que aperta,
sempre que o teu sorriso espreita.
De entre um ecrã ou janela,
até o mundo ele espanta.

Na saudade de te voltar a rever,
desde o dia em que partiste.
Rumo ao sabor do mais leve saudosismo,
encontro me á procura do meu caminho.

Seja de rosas, seja de ervas daninhas,
quero apenas rever te e sentir te.
Porque no meio de tantos perigos,
já nem sei como te posso lastimar.

José Pina

Pensamento

Um Pensamento,
Uma emoção.
Sejas ou não o vencedor,
Para nós serás sempre o campeão.

Pensativo entraste pela porta,
hoje sais por ela com um sorriso.
Nesta vida que te devora,
como quem convida um amigo.

És Forte,
És valente,
Por entre o teu forte Knox.
Colocas a tua vida entre-dentes.

Numa esfera de ideias,
vives no meio do turbilhão.
No fim não passam de ideais,
que só te transmitem ilusão.

José Pina

Sinceridade

Passeias na sinceridade da vida,
com a clandestinidade que te é reconhecida.
Selvagem ou timída,
sabes sempre ser revivida.

És simples, tal como as torres,
ao mesmo tempo complexa, tal como as amarras.
Porque os dias em que tu fores,
são os dias em que os nós te arrastam.

Nesta árvore em que passeias a tua silhueta,
tornaste importante, ao estilo antigo como a ampulheta.
Que derrete o tempo segundo a segundo,
sem perdoar seja amigo ou inimigo.

Mas tu, silhueta brilhante,
levas o sorriso de tal forma contagiante.
Que de te olhar me sinto triunfante,
só por poder ver esse olhar cintilante.

José Pina

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.