O mundo de Palavras: Mundo Profano

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

06/02/2011

Mundo Profano

No centro deste mundo profano
com este compromisso sobre humano
o homem esse ser soberbo
combate até o seu mais simples servo

num combate até á morte
fica deixado somente á sua sorte
enquanto o vento se passeia
como a simples brisa se saboreia

eu e tu habituados a guerras virtuais
nunca estivemos tão vivos nem reais
procuramos esconderijo debaixo deste monte
que nos apareceu de repente e defronte

esta vida que levávamos de escritório
para nós só servia de acessório
agora sim estamos no nosso mundo
em busca de sangue e do absoluto domínio

um domínio deste mundo acabado
sem que ninguém se importe com este achado
encontrado enquanto fugíamos das balas
que mataram muitos dos nossos servos.



José Pina 6 Fevereiro de 2011
Todos os Direitos Reservados
Postar um comentário

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.