O mundo de Palavras: Uma carta para Alberto

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

05/04/2013

Uma carta para Alberto

Meu querido Alberto, escrevo te com a esperança que o mundo nos volte a unir por aqui todos nós continuamos numa ralação sem fim, desde que partiste para aquela maldita guerra de que não tinhas qualquer culpa.

Estávamos a meio de 2050 quando o mundo começou a desabar os paises começaram numa troca louca de acusações e resultou na tão desgraçada guerra mundial que todos temiamos.

Todos foram chamados a combater, apenas os incapazes de o fazer ficaram nesta terra azarada, ao fim de 2 anos a guerra persegue no tempo e nós por cá desesperamos sem noticias vossas.

Esta carta quer te falar do meu amor por ti sei que antes de partires tinhas 2 corações mas isso não me importa eu quero te e irei lutar por ti com todas as minhas forças.

Na guerra as coisas estavam más, ao fim de 2 anos já quase só resta meio mundo, os homens esses continuam loucos e a querer acabar com o que resta.

Eles enviam bombas nucleares, eles enviam misseis , a tecnologia transformou se e hoje luta contra o homem com o comando de um homem.

Espero que me perdoes por ter demorado 2 anos a escrever esta carta, mas o coração não me deixava terminar as frases que hoje te envio, parecia que faltava sempre algo, parecia que o mundo apagava as linhas depois de elas estarem completas.

Meu querido Alberto, faz tudo por ai para que o homem desista da guerra e possas voltar são e salvo para o futuro que todos nós queremos construir, fazes falta nesta nossa terra.

Um beijo de saudades
"Madalena"
Postar um comentário

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.