O mundo de Palavras: Perda & Amor

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

25/06/2012

Perda & Amor

Perdeste o que amavas
esqueceste o que procuravas
na imensidão do desejo
desprezaste o que deste por certo

sentido, ignorado, esquecido por tantos
continuo na rota da felicidade
não me perco por meia dúzia de encantos
agradecido mas nunca derretido



tu conheces o meu ser, sabes que vivo ao impulso
funciono como cabines telefónicas
ou metem moeda ou nem um minuto
ou soltam a fera que para sempre ficará afónica

Não há rancores mesmo na perda de amores
se precisares um dia estarei cá, como amigo lógico
não perco tempo com favores
vivo a vida ao som do básico, não complico o que é sentido

Sou eu , assim, transparente, único, pensador e emocional
se há alguém que me pode descrever, esse alguém és tu
no entanto não procuro o sucesso e muito menos fazer te sofrer
porque sei que no passado já o fizeste e isso fez te renascer

José pina
Postar um comentário

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.