O mundo de Palavras: A Ferros na vida

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

13/05/2012

A Ferros na vida

Todos os dias vivemos com objectivos, uns tão simples como respirar ou chegar ao fim do dia com trabalho e vivo, outros tão complicados como chegar ao fim do dia com o prémio do euromilhões, na maior parte destes objectivos que vamos traçando a diferença entre o sucesso e a infelicidade é a preserverança , nós humanos somos máquinas e tal como qualquer máquina temos de ser bem oleados, bem ponderados e além disso temos de manter o querer do cumprir dos nossos objectivos, é estranho que alguém que cujo objectivo num dia é caminhar 10 quilómetros, depois de 3 quilómetros a andar e quando começam as dores opte por desistir, a desistência dos objectivos leva nos não só directamente ao fracasso bem como a um mau estado de pensamento ( clinicamente conhecido como depressão) , todos sabemos que a critica vive do rancor, há que aprender a viver de objectivos, viver de conquistas diárias, coisas simples ou coisas complexas, somos máquinas compreensivas , somos humanos com forma irrepreensível, alguém que sobe a uma montanha algum dia terá de lá desçer, a diferença é a forma como vai desçer , independentemente da raça,credo,genero,idade,perfil ou profissão todos nós vivemos de preserverança e objectivos...



Somos máquinas, vivam com isso , somos apenas e só um "lego" que o destino vai mexendo de forma a construir o futuro... Somos "Ferros na Vida" de alguém...


Postar um comentário

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.