O mundo de Palavras: Sem Abrigo

Bem Vindo/a

Sejam bem vindos ao "Mundo de Palavras", este é um blogue de autor e parte integrante do projecto Poesia Portugal, nascido a 1 de Janeiro de 2009 tem como principal objectivo levar a poesia e a minha opinião pessoal mais longe, tem também como objectivo unir o público e os escritores através do projecto Poesia Portugal.

Se estiverem interessados em ser adicionados aos companheiros desta casa por favor façam essa referência nos comentários, e procedam ao adicionar do blog aos vossos companheiros. ( Obrigado )

Estamos disponíveis nas redes sociais

no Facebook -> https://www.facebook.com/JosePinaOficial/
https://www.facebook.com/PoesiaPortugal

no Twitter -> https://twitter.com/jpina9

Nota: para uma total visualização do blogue por favor desliguem o adblock ou outros bloqueadores uma vez que os mesmos bloqueiam o acesso a aplicações externas por exemplo o google + .
Se por algum erro não se conseguirem tornar seguidores do blogue por favor usem o sistema de seguidores do google +. Obrigado !

Saudações
José Pina

20/03/2013

Sem Abrigo

Nesta vida descolorida,
eles andam á deriva.
Sem um tecto ou um abrigo,
procuram encontrar um qualquer amigo.

Eles são a classe,
com menos classe nesta cidade.
Que os trata como animais,
neste silêncio que se torna cumplicidade.

Passeiam se pedindo nos mais variados transportes,
onde de pronto são enxotados.
Como se fossem as ovelhas negras,
desta nossa sociedade.

Caíram no abismo,
por vários motivos e em várias idades.
Hoje são apenas mais sem abrigos,
dizem que é culpa da desigualdade.

Desigualdade uma ova , respondo eu ,
é culpa de uma incompetência atroz.
Que opta por jantares triunfantes,
em vez de oferecer igualdade aos cidadãos "menos importantes".

José Pina
Postar um comentário

Partilha com os teus amigos(as)

Pedidos de Poemas

Boas pessoal, aqui vão puder deixar os vossos pedidos de poemas que serão respondidos no blogue por ordem de chegada.